Câmara de Caxias quer transformar em bem imaterial o clássico de futebol local, o CA-JU

caju

Está adiada por um dia a discussão sobre projeto para tornar bem de natureza imaterial de Caxias do Sul o clássico Ca-Ju. A proposição é de autoria do vereador Felipe Gremelmaier/PMDB. Na sessão ordinária desta quinta-feira (04/12), o vereador Flávio Cassina/PTB pediu vista, a fim de promover algumas correções no texto. A proposta contém substitutivo, apresentado pelo peemedebista, também por motivos de adequações técnicas.

Felipe justificou que o enfrentamento entre a Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul (S.E.R. Caxias) e o Esporte Clube Juventude é considerado o maior clássico do município e o 2º, no âmbito do Rio Grande do Sul. Destacou que a partida envolve as maiores torcidas e os títulos mais relevantes do Interior gaúcho.

Entre as principais conquistas da dupla Ca-Ju, o peemedebista lembrou que a S.E.R. Caxias ganhou o Campeonato Gaúcho de 2000. Citou que o Juventude sagrou-se campeão brasileiro da série B (1994), do Gauchão (1998) e da Copa do Brasil (1999). Informou que, em 7 de dezembro de 1975, a disputa entre os dois clube passou a ter essa denominação. De acordo com Felipe, no Brasil, o classifico Fla-Flu, entre o Clube de Regatas Flamengo e o Fluminense Football Club, já foi reconhecido como bem de natureza imaterial.

Fonte: Câmara Municipal de Caxias do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *